sábado, fevereiro 14, 2009

Tempo perdido


BlogBlogs.Com.Br




Para a blogagem coletiva do
Varal de Idéias


É bem mais belo
Que esse sangue amargo
E tão sério
E Selvagem! Selvagem!
Selvagem!...

Veja o sol
Dessa manhã tão cinza
A tempestade que chega
É da cor dos teus olhos
Castanhos...

Então me abraça forte
E diz mais uma vez
Que já estamos
Distantes de tudo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo...

Não tenho medo do escuro



Mas deixe as luzes
Acesas agora
O que foi escondido
É o que se escondeu
E o que foi prometido
Ninguém prometeu
Nem foi tempo perdido
Somos tão jovens...

Tão Jovens! Tão Jovens!...

(Renato Russo)

8 comentários:

Chris disse...

Apaixonada por essa música, e quão profundo é o retrato da vida e do tempo através dela.

Amei.
Belíssima postagem, grande domingo pra ti.

Bjs,

Chris

expressodalinha disse...

O tempo pode ser assustador. Mas concordo: se tivermos medo dele deixamos a vida passar sem perceber que o tempo passou. E o tempo é a nossa vida!

Dalva disse...

Ai, que TEMPO bom: recordar o lindo Renato!

Beijos e obrigada por esta postagem tão deliciosa!

(Saudades do Renato)

Luciana disse...

Eu AMOOOOOOOOOOO Legião Urbana.
Parabéns pelo Blog.

Pelos caminhos da vida. disse...

Gde e saudoso Renato Russo,belo post amiga.

beijooo.

Vanessa disse...

Oi, Zezé, eu tb participei da tertúlia.

Bom, este é um comentário de contagem regressiva para a coletiva O livro da Minha Vida. Espero vc amanhã.

Abraço!

Cadinho RoCo disse...

Somos sempre o que nunca fomos.
Cadinho RoCo

Elma Carneiro disse...

Nooosssaa
Como está lindo seu espaço, todo dourado, parabéns.
Amiga, obrigada pela visita e vim retribuir e deixar meu abraço.
Tenha uma ótima semana.
Bjs